Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Archive for setembro 23rd, 2008

Já vão tarde, cacalhada – Bolivianos deportados teriam ligações com Evo Morales, segundo a Polícia Federal

leave a comment »

lula-e-companheiro-evo Os três bolivianos deportados pela Polícia Federal no último final de semana eram ligados ao governo do presidente Evo Morales, segundo informações da Delegacia de Imigração da PF no Acre. Eles foram expulsos do país por espionarem cidadão bolivianos refugiados nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia.

Foram detidos e deportados Weimar Becerra Ferreira, 47 anos, amigo do presidente Evo Morales e considerado uma das principais lideranças do movimento dos camponeses da Amazônia boliviana; Raul Roble Cabrera, diretor da Federación Sindical Única de Trabajadores Campesinos de Pando; e o soldado Hugo Gustaner Reyes.

De acordo com a PF, os homens foram deportados por estarem observando e fotografando os compatriotas para repassar informações ao Exército boliviano. "A Polícia Federal não permite que sejam realizadas manifestações políticas contra o governo de Evo Morales, tampouco que simpatizantes do governo boliviano tomem atitudes intimidadoras no solo brasileiro. Caso o governo boliviano deseje a extradição de algum boliviano acusado de crime deverá fazê-lo pelos meios legais", diz nota da PF no Acre.

Os bolivianos refugiados no Acre estariam envolvidos nos recentes conflitos na região de Pando, no país vizinho. Agência Brasil

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 23:06

Rapina – Equador confisca bens e projetos da Odebrecht no país

leave a comment »


QUITO – O presidente do Equador, Rafael Correa, ordenou a mobilização das Forças Armadas para confiscar os bens e as instalações da hidrelétrica San Francisco e dos outros projetos da construtora Odebrecht no país. A notícia foi divulgada pelo site do jornal equatoriano El Comércio. Em um decreto assinado hoje em Guayaquil, Correa também proibiu os executivos da Odebrecht de saírem do país. Em nota, a empresa alegou que tentará retomar as operações o mais rápido possível.

Correa decretou emergência nacional para evitar a redução da distribuição de energia no Equador, depois de serem detectadas falhas na central hidrelétrica San Francisco, construída pela Odebrecht, segundo o jornal. O decreto, assinado depois de mais de três horas de reunião entre Correa e seus principais ministros, afirma que a intenção é “evitar um estado de comoção interna, diante da possibilidade de apagões generalizados no território nacional”.

Segundo o “El Comércio”, a emergência nacional também foi decretada para superar as deficiências dos projetos Toachi-Pilatón, Carrizal-Chone, Baba, Aeropuerto del Tena e todos os outros em que a Odebrecht tem participação.

Na nota divulgada hoje, a Odebrecht afirma que o consórcio de que participa naquele país “continua com seu compromisso” de normalizar a operação da hidrelétrica San Francisco “o mais breve possível”. Segundo a empresa, a proposta feita pelo consórcio Odebrecht-Alstom-Va Tech foi “altamente positiva” para o governo equatoriano e “resguarda possíveis perdas da Hidropastaza”, proprietária da hidrelétrica.

Entre outros pontos, a Odebrecht afirma que a proposta de acordo feita pelo consórcio envolve “depósito em conta de uma garantia de US$ 43 milhões e contratação de auditoria internacional independente” para determinar as responsabilidades das partes envolvidas. Agência Estado

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 21:02

Publicado em Equador

Tagged with , ,

Deputada Marina Maggessi acusa MST de ligação com o narcotráfico na Rocinha

leave a comment »

A deputada federal Marina Maggessi (PPS-RJ) acusou hoje o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) de ligação com o narcotráfico na Favela da Rocinha, zona sul do Rio.

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das milícias da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj), ela afirmou que atualmente se preocupa mais com a presença de integrantes do movimento no local do que com a questão da milícia no estado do Rio de Janeiro.

A deputada disse que uma ata apreendida em julho na favela por uma operação policial é um dos indícios dessa ligação. O documento teria sido elaborado pelo traficante conhecido como Nem, que estaria orientando os moradores a votarem no candidato a vereador Claudinho da Academia (PSDC).

Maggessi, que é inspetora da Polícia Civil, disse que integrantes do MST poderiam estar convencendo traficantes a serem "salvadores da pátria". “O meu medo é que o tráfico absorva esse tipo de convencimento. Quando eu digo isso, é porque o MST tem uma força de enfrentamento muito grande. Eles prezam esse tipo de invasão e luta armada. Eles não têm armas, mas o tráfico tem".

A assessoria de imprensa do MST informou que não há nenhum integrante na Rocinha e qualquer um que fale em nome do movimento na comunidade não tem representação. O movimento não estaria envolvido no processo eleitoral em nenhum nível.

A deputada foi convocada pela CPI das milícias por ter sido citada pelo vereador Josinaldo Francisco da Cruz, o Nadinho, de Rio das Pedras (PMDB), suspeito de chefiar uma milícia nesta comunidade, em seu depoimento à comissão. Magessi confirmou que foi à comunidade em 2006 para o aniversário do inspetor de polícia Félix Tostes, assassinado em fevereiro do ano passado.

Para tentar demonstrar que não tem ligação com esses grupos, a deputada alegou ter eleitorado maior no Alto da Boa Vista e na Rocinha. Ela afirmou que quando trabalhou nos setores de Entorpecentes e de Inteligência da Polícia Civil, não investigou milícias porque esta era uma responsabilidade apenas da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

O deputado estadual Marcelo Itagiba (PMDB), que também foi convocado pela comissão, comunicou que não pôde comparecer por conta de sua agenda na CPI dos grampos, em Brasília.

O outro lado

Em nota divulgada hoje, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) negou as acusações da deputada Marina Maggessi (PPS-RJ) de que integrantes do movimento estariam envolvidos com o tráfico na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Segundo o movimento, não há qualquer espécie de envolvimento de seus integrantes com traficantes ou com o crime organizado.

O MST considera que a deputada foi "irresponsável" e "leviana" no depoimento prestado na manhã de hoje à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das milícias da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

“A deputada Maggessi, ao associar a luta pela reforma agrária com o crime organizado, transforma uma fratura social histórica em questão de polícia e atende os interesses mais reacionários da sociedade, o latifúndio e o agronegócio. Somos um movimento social de trabalhadores rurais que luta por justiça social e pela reforma agrária, como determina a Constituição de 1988. Defendemos os direitos humanos e reprovamos atos contrários à vida”, diz a nota.

Quanto ao ex-líder do movimento José Rainha Jr., que teria participado da posse de líderes comunitários na favela, a nota alega que ele e os integrantes de seu grupo não participam atualmente de nenhuma instância de coordenação nacional, estadual ou local. “As articulações, pronunciamentos públicos e entrevistas na mídia dos envolvidos não são da responsabilidade do MST”. Agência Brasil

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 19:28

Publicado em Crime organizado

Tagged with , ,

Ordenada cassação da candidatura de petista no Recife

leave a comment »

Saiu a decisão do juiz da 8ª Zona Eleitoral, Nilson Nery, a respeito do processo que investiga o uso da máquina pública da Prefeitura do Recife em benefício do candidato João da Costa (PT). O magistrado determinou a cassação do registro do postulante, além da inelegibilidade por três anos. O juiz não viu nenhum motivo de pedir inelegibilidade do prefeito João Paulo.

João da Costa tem três dias pra recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Amanhã a sentença de Nilson Nery será divulgada no Diário Oficial.

A ação, de autoria do Ministério Público de Pernambuco (MP-PE), é referente a uma perícia feita pela Polícia Federal (PF) nos computadores da Secretaria de Educação da Prefeitura, com o objetivo de checar uma suposta utilização da máquina pública para fins eleitorais. De acordo com a promotora Andréa Nunes, a suspeita é de que servidores da administração estariam sendo “convidados” a participar de atos da campanha, inclusive no horário comercial.

No seu parecer, Andréa destacou frases tiradas dos emails trocados por servidores da Pasta em questão e concluiu seu relatório pedindo a cassação do registro de candidatura de João da Costa. Ela também solicitou a inelegibilidade de Costa e do prefeito João Paulo (PT), que é coordenador política da campanha.

Entre os arquivos encontrados pelos peritos da PF nos computadores da PCR, há um intitulado “Adesivo virtual”, com a mensagem: “O seu computador vai virar um verdadeiro comitê de campanha”. A promotora fez o seguinte comentário a respeito desse dado: “Não poderia haver uma frase mais emblemática para simbolizar o conteúdo de tais CPUs”. A corporação também identificou mensagens enviadas por detentores de cargos comissionados, repassando a agenda de João da Costa e outras atividades eleitorais.

Na última sexta-feira, parte do conteúdo do processo foi antecipado pelo postulante Edílson Silva (PSol), que alegou ter tido acesso à documentação por fonte anônima. No último domingo, durante coletiva, as assessorias jurídicas dos candidatos Mendonça Filho (DEM) e Raul Henry (PMDB) liberaram toda a “papelada” para a imprensa. “Os laudos efetivamente comprovam, sem sombra de dúvidas, o uso da máquina pública pelos servidores detentores dos cargos comissionados da Secretaria de Educação”, diz um trecho do parecer apresentado por Andréa Nunes.

Procurado pela reportagem da Agência Nordeste ainda ontem, o juiz Nilson Nery falou que a decisão sobre o processo sairia hoje e já demonstrava um certo incômodo ao tocar no assunto. “Ainda não terminei de escrever a sentença. Se vocês (imprensa) me permitirem concluir o relatório, acredito que amanhã já estarei apresentando”, disse. Pelo menos até ontem, João da Costa evitou falar sobre essa investigação e as proporções que ela tomou. Um dos únicos correligionários a comentar algo, o secretário das Cidades, Humberto Costa, disse que confiava no “bom senso” da Justiça. Folha de Pernanbuco

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 18:39

Florianópolis – Cesar Junior aposta em ousadia na administração

leave a comment »

O candidato do Democratas (DEM) à prefeitura de Florianópolis, Cesar Souza Junior, acredita que é hora de ousar mais na administração da Capital. A declaração foi dada durante a entrevista online ao diario.com.br nesta terça-feira. O candidato respondeu a perguntas de 79 internautas que participaram do chat durante 45 minutos. Mais de 150 dúvidas não foram respondidas por falta de tempo.

A ordem das entrevistas foi definida por sorteio. Depois de Cesar, o próximo candidato a ser sabatinado pelos internautas será Nildomar Freire (PT), a partir das 11h desta quarta-feira. As entrevistas seguem com Dário Berger (PMDB), na quinta, e Joaninha de Oliveira (PSTU), na sexta. A série é retomada na segunda, 29, com Esperidião Amin (PP), e encerrada na terça, 30, com Afrânio Boppré (PSOL).

Confira os principais pontos discutidos durante a entrevista online:

Trânsito

Para melhorar os problemas constantes de filas, o candidato Cesar Souza Junior pretende concluir a avenida Beira-mar continental e duplicar a Via Expressa, além de criar faixas exclusivas para ônibus. Para reordernar o trânsito do Leste da Ilha e acabar com o congestionamento do verão, o candidato quer construir uma nova ponte na Lagoa da Conceição.

Radar x lombada eletrônica

O candidado do Democratas quer substituir os pardais da avenida Beira-Mar Norte por lombadas eletrônicas, por que acredita que sejam mais eficientes e não têm empresas para lucrarem com as multas. O dinheiro arrecadado iria direto para a prefeitura.

Transporte coletivo

A prioridade de Cesar Souza Junior para o transporte coletivo é criar a faixa exclusiva para ônibus e dar conforto aos passageiros, com implementação de ar-condicionado, mais horários e igualar o valor da passagem paga com cartão e dinheiro. O candidato acha que com a mudança o transporte público ficará mais rápido e confortável que os carros.

Marginalidade

A proposta do candidato para tirar as crianças e adolescentes da marginalidade será investir em esporte e cultura e apoiar bons projetos sociais já existentes. Cesar Souza Junior quer também qualificar os jovens e encaminhá-los para estágios e empregos.

Saúde
O candidato acredita que a saúde pública em Florianópolis é muito ineficiente e aposta na saúde preventiva para acabar com as filas de espera para atendimentos em postos de saúde e hospitais.

Copa 2014

Cesar Souza Junior acha que Florianópolis tem chance de ser sede da Copa de 2014, se 12 municípios brasileiros forem escolhidos. Mas o candidato não acredita que essa possibilidade deva ser o centro de um projeto de governo. ClicRBS

Comentário meu: A exemplo do post publicado ontem com a entrevista online de Angela Albino, daremos o mesmo tratamento e espaço a todos os candidatos que participarem das referidas entrevistas.

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 18:04

Rapaz simpático – Jobim propõe criação de bases navais no Nordeste e no Rio Amazonas

leave a comment »

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, propôs ontem (22) a descentralização da força naval da Marinha Brasileira, hoje concentrada na Região Sudeste. Jobim defendeu a criação de bases militares no Nordeste e na foz do Rio Amazonas, sem especificar os locais onde elas seriam instaladas.

“A Marinha está concentrada no Rio de Janeiro e há necessidade de se ter uma força naval na Foz do Amazonas, entrada fundamental do território brasileiro, além de uma outra força no Nordeste”, disse o ministro ao participar da Operação Atlântico, exercício simulado que reúne militares da Marinha, Exército e Aeronáutico no litoral dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e do Espírito Santo e se estende até sexta-feira (26).

De acordo com Jobim, a prioridade da força naval reunida na Região Sudeste seria defender a plataforma continental brasileira, onde estão as reservas de petróleo e as rotas de comércio exterior brasileiro.

Jobim também garantiu que a nova estratégia nacional de defesa deve ser anunciada em 60 dias, no máximo. O ministro voltou a explicar que o Plano Nacional de Defesa não foi divulgado no dia 7 de setembro, conforme previsto, porque o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu discutir mais profundamente a proposta, e determinou que o Conselho Nacional de Defesa voltasse a se reunir para debater o assunto.

Segundo Jobim, o Plano Nacional irá alterar a forma de elaboração do orçamento das Forças Armadas. A partir de 2010, o cálculo dos recursos necessários para a manutenção das tropas e equipamentos deverá ser apresentado à parte da demanda por melhorias.

Dessa forma, Marinha, Exército e Aeronáutica deverão elaborar uma peça orçamentária prevendo o quanto de dinheiro será necessário para se manterem. As melhorias e planos de investimento deverão ser apresentados sob a forma de projetos que, se aprovados, poderão receber recursos adicionais, de acordo com a estratégia nacional de Defesa.

“O que precisamos estabelecer são programas, essa é a mudança que vamos fazer em termos de orçamentos das Forças”, disse Jobim ao defender programas de curto, médio e longo prazo.

Jobim voltou a afirmar que Brasil e França irão assinar, em dezembro, um acordo de cooperação militar que prevê a construção, no Brasil, de helicópteros militares e de quatro submarinos convencionais. a construção dos submarinos está prevista para começar em 2010. Em agosto, o ministro já havia revelado que o acordo de R$ 1 bilhão prevê a troca de tecnologia para fomentar a construção de cascos e sistemas eletrônicos para submarinos.

Embora o Brasil já fabrique submarinos convencionais desde 1980, continua utilizando projetos alemães, que agora planeja substituir por similares franceses, contando também com a transferência do conhecimento necessário à construção das partes não-nucleares de uma embarcação atômica. Agência Brasil

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 13:10

Brasil piora em ranking sobre corrupção, mas percepção da população fica estável

leave a comment »

A percepção dos brasileiros sobre a corrupção no país permaneceu estável no último ano, revela o Índice de Percepção da Corrupção, divulgado hoje (23) pela organização não-governamental Transparência Internacional.

O Brasil aparece na 80º posição, em um total de 180 países avaliados, e recebeu nota 3,5, a mesma obtida no ano passado, quando ocupou o 72ª lugar.

Na classificação da Transparência Internacional, os primeiros países da lista são aqueles em que há menor percepção de corrupção pela população. As notas variam entre dez, para as nações consideradas menos corruptas, e zero, para as mais corruptas.

Na América Latina, o Chile ficou na melhor colocação e a Venezuela obteve o pior índice. Os países em que a percepção de corrupção é menor são Dinamarca, Nova Zelândia e Suécia. Entres os considerados mais corruptos estão Haiti, Somália, Iraque e Afeganistão.

O relatório da organização destaca a estreita ligação entre a pobreza, instituições falidas e corrupção, e afirma que o fenômeno põe em risco “o combate global contra a pobreza, ameaçando arruinar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio traçados pela Organização das Nações Unidas”.

O índice não mede objetivamente a corrupção, mas sim como o conjunto da sociedade percebe subjetivamente o problema em cada país. Para formar o índice, empresários e analistas de diversas nações são convidados a dar sua opinião sobre o assunto. Agência Brasil

Written by Abobado

23 de setembro de 2008 at 12:56

Publicado em Brasil

Tagged with , ,