Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Archive for janeiro 2009

Matei minhas amigas

leave a comment »

Operação abelha na Cabeçuda: Bombeiro Rogério vestido para matar

Não tive alternativa. A presença de novos vizinhos me obrigou a matar abelhas amigas que há mais de um ano e meio eram companheiras da minha solidão semanal.

Durante esse período convivemos em paz e harmonia. Um respeitando o espaço do outro. Iam e vinham o dia inteiro, voavam sobre a minha cabeça, se divertiam na tela do computador, da TV e faziam festa na luz fluorescente da cozinha, onde muitas, exaustas, jaziam no chão e aguardavam a cerimônia de sepultamento pela manhã. Eu as tratava com dignidade, afinal estavam a cuidar de uma rainha. Elas respondiam com fidelidade e jamais se mostraram hostis com este servo que as hospedou durante todo esse tempo.

No começo de minha parceria com as abelhas confesso que o medo cercava os meus dias aqui em Laguna; temia não só por mim, mas também pelo meu cachorro, o Pimenta. Com o tempo percebi que era possível essa familiaridade desde que um não atrapalhasse a vida do outro.

O tempo foi passando, a prole se multiplicando a cada dia. A produção estava dando certo, pois nos dias em que batia vento sul por aqui era possível sentir o aroma delicioso do mel que as meninas produziam.

Posso dizer que foram bons meses os que passamos juntos; juro que me doeu no coração vê-las dizimando assim, de uma forma tão violenta. E o pior de tudo é que nem tive a honra de conhecer a rainha, coitada, que ficou sem chance de tirar a coroa e morrer com dignidade.

Gente boa pra caramba: Bombeiros Justino, Damásio e Rogério, orgulho da Laguna

Os responsáveis pela penosa, porém necessária extinção foram os valorosos bombeiros Justino, Damásio e Rogério. O Justino, por sinal, ao ver o meu computador ligado nem quis saber muito das abelhas. Pediu pra procurar na internet uma música cantada pela dupla Osvaldir e Carlos Magrão. Qual a peça? “Vida de Bombeiro”, Faixa 13 do CD “Lua Bonita”.

Parecia um daqueles filmes bem doidos, tipo dois assassinos matando uma família inteira e um escutando música mantendo dois reféns sob sua “mira” (eu e o Pimenta). As abelhinhas agonizando com o álcool sobre elas, voando sem rumo e eu fazendo sala pro bombeiro ouvindo uma naba de música.

317 é cachorro na centena: Bombeiro Justino, a orca e o simpático Damásio. Meu fetiche realizado

Mas os caras foram super legais, como é peculiar nesses heróis que fazem parte do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.

Minhas amigas se foram de uma forma trágica. Melhor seria se tivessem se mudado antes, procurado outro lugar como algumas espécies o fazem. Esperei que isso pudesse acontecer. No fundo acho que sentiam que o fim delas estava marcado para esta noite do dia 30 de janeiro (22h13m começou o genocídio). Por incrível que  pareça hoje, apesar do calor que fez aqui em Laguna, foi o dia em que as abelhinhas menos trabalharam. É sério, gente!

Vão em paz, minhas amigas. Não sei se existe céu para abelhas, mas o andar de baixo por certo não deve ser o meu destino. Não por este motivo. Foi um mal necessário.

E pra encerrar esse papo melancólico, antes elas do que eu!

Importante: A remoção/extinção de ninho de abelhas deve ser executado por pessoas qualificadas ou pelo Corpo de Bombeiros. Nunca tente fazer isso por sua própria conta pois o risco é muito grande. Mas para os curiosos eu vou dizer o que eles utlizaram e o que fizeram para exterminar os insetos: cinco litros de álcool (de carro ou de uso doméstico), pó de gafanhoto e uma bucha de pano (não fornecem o material). Injetam o álcool com uma bomba de pulverizar no local onde as abelhas estão alojadas, colocam o pó de gafanhoto (Neocid, coisas do tipo) e tapam a saída/entrada do ninho com a bucha de pano. Esse trabalho é feito somente no período noturno. Para cachopas de abelha ou marimbondo eu não sei como faz.

As abelhas que conseguem escapar ajojam em mais ou menos meia hora. É conveniente fechar portas e janelas durante a operação e não esboçar qualquer reação caso alguma delas passe zunindo pela sua frente.

O telefone do Corpo de Bombeiros da Laguna é 48-3647-0411. Se ligar daqui para o 193 vai dar lá em Braço do Norte. Coisa de doido, mas é a realidade.

Written by Abobado

31 de janeiro de 2009 at 01:08

Opinião do Estadão: Anistia para a Itália

leave a comment »

Para Tarso bandido não é bandido, macaco não é macaco e viado não é viado (Foto: Fabio Pozzebom)

Para o ministro da Justiça, Tarso Genro, “não existe crise entre Brasil e Itália”. Mas, mesmo não enxergando qualquer dificuldade diplomática que tenha surgido entre os dois países, mesmo não dando importância alguma ao fato de o embaixador italiano no Brasil ter sido chamado a Roma – o que na linguagem da diplomacia indica grave contrariedade de um país a atitudes tomadas por outro – e mesmo se sentindo inteiramente respaldado pela decisão que o Supremo Tribunal Federal (STF) haverá de tomar, contra a extradição de Cesare Battisti – no que se revela verdadeiro “profeta judicial”, capaz de saber por antecipação o que decidirão os membros do Pretório Excelso -, nosso ministro da Justiça dá mostras de ter descoberto a causa original de toda a, digamos, frustração italiana, exacerbada pelo affaire Battisti: é que, ao contrário do que houve no Brasil, a Itália não contou, até agora, com uma lei de anistia (!!!).

Tentando “esfriar a crise” (para ele inexistente), no que obedece à orientação do presidente Lula – para quem a melhor coisa a fazer para superar o entrevero diplomático é adotar, unilateralmente, a postura de “fim de papo” -, Tarso Genro se dispõe a oferecer aos italianos sua reflexão jurídico-sociológica sobre o problema que sofre o país europeu, quanto à forma de lidar com o terrorismo havido em seu território na década de 1970. Disse ele: “Acho que esse, realmente, é um caso doloroso para a sociedade italiana. Como a Itália não teve uma lei de anistia, essas graves questões, dos anos 70, ainda não são cicatrizadas.” Que este seja um “caso doloroso” para a sociedade italiana não resta a menor dúvida. Só que parece, no mínimo, uma impertinência uma autoridade governamental de outro país, que contribuiu gratuitamente para agravar essa dor – a não ser que não se considere gratuito o que tem motivação ideológica -, fazer interpretações como as perpetradas pelo ministro Genro.

Leia mais aqui.

Written by Abobado

30 de janeiro de 2009 at 07:57

Office Online: Um luxo

with one comment

Microsoft Live Workspace: Office para você acessar seus documetos com segurança de qualquer lugar

Eu sei que o tema não é novo mas muita gente não conhece. Sei também que existe um monte de servidor que oferece serviço de armazenamento de dados e coisa e tal. Mas o que melhor do que você unir o útil ao agradável?

É isso que o Microsoft Office Online proporciona.  Você pode adicionar um ou mais documentos — incluindo planilhas do Excel, documentos do Word e apresentações do PowerPoint — a qualquer espaço de trabalho, bastando para isso ter um Windows Live ID com uma caixa de entrada de emails válida (Hotmail, MSN – aquelas que você usa para acessar o Messenger). Todo mundo tem.

Cada documento que você adicionar pode ter até 25 MB. O Office Live Workspace oferece um total de 500 MB de espaço de armazenamento. Se o tamanho do seu arquivo se aproximar do espaço de armazenamento máximo, você receberá uma notificação de que talvez exceda o seu limite de armazenamento da próxima vez que tentar salvar ou carregar um documento.

Ter seus documentos do Office em qualquer lugar sem a necessidade de carregá-los em um drive portátil ou qualquer mídia é tudo de bom. Poder acessar esses documentos de qualquer local e tê-los guardados em segurança é melhor ainda. E convenhamos, 500 MB para extensões DOC ou TXT é coisa pra caramba.

Vale uma dica: se você tem mais de uma conta válida (ID) pode multiplicar a capacidade de armazenamento dos documentos.

Conheça mais clicando aqui. Se tem um ID válido acesse aqui e comece a adicionar seus documentos.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 17:37

A menina do BIG

leave a comment »

Tô nem aí: menina na fila do caixa do supermercado BIG

Dia de promoção de leite no BIG da via expressa. Dizem que é coisa de pobre. E de fato é. Mas tá todo mundo lá. Fila em posto de combustível não se vê. Quem reclama do preço da gasolina?

E qual é a pior hora no dia em que tem promoção de leite no BIG? Claro, passar no caixa. Um inferno.

Nesse dia (10/01/2009) em que fui com minha mulher Mariza, ficamos esperando para passar no caixa por mais de 40 minutos. Normal, mas enche o saco! Pior é ver que tem um monte de gente que leva criança de colo pra fazer compras no dia de promoção de leite no BIG. Na nossa frente um casal com duas filhas.

Essa menina da imagem, lindíssima, mantinha sua serenidade sentadinha no carrinho de compras enquanto os pais discutiam sem parar e tentavam acalmar a irmã mais novinha que chorava e pedia insistentemente o colo da mãe.

A bicha não andava, a máquina do caixa não lê o código de barras, gente pagando conta de luz, mas a leitora que deveria automatizar esse processo também não funciona; a rapariga do caixa pergunta que tipo de abacaxi é aquele que a pessoa pegou, o cliente não sabe e lá vai a moça de patins saber qual o sexo da fruta; e a fila não anda; as pessoas reclamam; um fica na fila pra não perder o lugar, outro vai dar uma volta e pegar alguma coisa que esqueceu.

É evidente que além do movimento que se verifica em dias de promoção, as filas são um prato cheio para os donos de supermercado porque a gente sempre acha que esquece de alguma coisa quando fica um tempão esperando para pagar as compras. Aliás, quem é que vai num supermercado e só leva aquilo que planejou antes de entrar no recinto, né?

Mas a menina permanece ali, imponente, alheia a tudo e todos, fazendo jus à sua origem oriental: tudo zen!

Dia de promoção de leite no BIG. Valeu a pena pela imagem que captei.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 14:02

Opinião do Estadão: No que está dando o desgoverno

leave a comment »

Miguel Jorge, do Desenvolvimento: um ministro cercado de aloprados por todos os lados

Adotada em circunstâncias nebulosas por aloprados funcionários de segundo escalão do Ministério do Desenvolvimento, na ausência do seu titular, em viagem ao exterior – e sem comunicação prévia nem mesmo ao presidente da República -, a imposição intempestiva de licenças prévias para a importação de cerca de 3 mil produtos, que respondem por 60% do valor das compras brasileiras no exterior, é a evidência irrefutável do nível a que chegou o desgoverno Lula.

Pelo modo como foi tomada a decisão, considerada a “mais estranha” da administração lulista, pelo seu impacto instantâneo sobre a atividade produtiva, pela rasteira que a enormidade aplicou às diretrizes da política comercial – desmoralizando os reiterados discursos presidenciais contra o protecionismo – e, enfim, pelas mendazes tentativas dos autores da molecagem de justificar o injustificável, a iniciativa condensa a incapacidade do governo em lidar com uma crise econômica que traz problemas novos praticamente a cada dia e que, quanto mais se agrava, mais parece agravar também a dislexia administrativa que acometeu o Planalto.

Leia mais aqui.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 08:07

Robinho estaria envolvido em caso de estupro, diz imprensa inglesa

leave a comment »

Boate em Leeds na qual Robinho teria abusado sexualmente de uma jovem (The Sun)

De acordo com informações da imprensa inglesa, o brasileiro Robinho teria sido detido pela polícia local sob a acusação de estupro a uma jovem de 18 anos. O atacante do Manchester City, segundo os jornais The Times e The Sun, teria passado, inclusive, a última terça-feira na delegacia.

A jovem, segundo informações da imprensa inglesa, acusa o craque de abuso sexual durante uma festa na área VIP de uma boate em Leeds, no último dia 14 de janeiro. Chris Nathaniel, porta-voz de Robinho, confirmou o encontro do atleta com a polícia, mas negou o envolvimento no incidente.

"Ele negou veementemente qualquer alegação de conduta errada ou criminalidade e irá cooperar com a políca se futuramente for requisitado", afirma Nathaniel, em declarações publicadas pelo jornal The Sun.

Ainda segundo a imprensa inglesa, a polícia tinha como objetivo abordar Robinho logo após o período de treinamentos do Manchester City em Tenerife, na Espanha. No entanto, o jogador não participou das atividades e embarcou para o Brasil, o que lhe rendeu, inclusive, uma multa do clube. Redação Terra

Written by Abobado

28 de janeiro de 2009 at 00:08

Publicado em Polícia

Tagged with , , ,