Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Archive for janeiro 29th, 2009

Office Online: Um luxo

with one comment

Microsoft Live Workspace: Office para você acessar seus documetos com segurança de qualquer lugar

Eu sei que o tema não é novo mas muita gente não conhece. Sei também que existe um monte de servidor que oferece serviço de armazenamento de dados e coisa e tal. Mas o que melhor do que você unir o útil ao agradável?

É isso que o Microsoft Office Online proporciona.  Você pode adicionar um ou mais documentos — incluindo planilhas do Excel, documentos do Word e apresentações do PowerPoint — a qualquer espaço de trabalho, bastando para isso ter um Windows Live ID com uma caixa de entrada de emails válida (Hotmail, MSN – aquelas que você usa para acessar o Messenger). Todo mundo tem.

Cada documento que você adicionar pode ter até 25 MB. O Office Live Workspace oferece um total de 500 MB de espaço de armazenamento. Se o tamanho do seu arquivo se aproximar do espaço de armazenamento máximo, você receberá uma notificação de que talvez exceda o seu limite de armazenamento da próxima vez que tentar salvar ou carregar um documento.

Ter seus documentos do Office em qualquer lugar sem a necessidade de carregá-los em um drive portátil ou qualquer mídia é tudo de bom. Poder acessar esses documentos de qualquer local e tê-los guardados em segurança é melhor ainda. E convenhamos, 500 MB para extensões DOC ou TXT é coisa pra caramba.

Vale uma dica: se você tem mais de uma conta válida (ID) pode multiplicar a capacidade de armazenamento dos documentos.

Conheça mais clicando aqui. Se tem um ID válido acesse aqui e comece a adicionar seus documentos.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 17:37

A menina do BIG

leave a comment »

Tô nem aí: menina na fila do caixa do supermercado BIG

Dia de promoção de leite no BIG da via expressa. Dizem que é coisa de pobre. E de fato é. Mas tá todo mundo lá. Fila em posto de combustível não se vê. Quem reclama do preço da gasolina?

E qual é a pior hora no dia em que tem promoção de leite no BIG? Claro, passar no caixa. Um inferno.

Nesse dia (10/01/2009) em que fui com minha mulher Mariza, ficamos esperando para passar no caixa por mais de 40 minutos. Normal, mas enche o saco! Pior é ver que tem um monte de gente que leva criança de colo pra fazer compras no dia de promoção de leite no BIG. Na nossa frente um casal com duas filhas.

Essa menina da imagem, lindíssima, mantinha sua serenidade sentadinha no carrinho de compras enquanto os pais discutiam sem parar e tentavam acalmar a irmã mais novinha que chorava e pedia insistentemente o colo da mãe.

A bicha não andava, a máquina do caixa não lê o código de barras, gente pagando conta de luz, mas a leitora que deveria automatizar esse processo também não funciona; a rapariga do caixa pergunta que tipo de abacaxi é aquele que a pessoa pegou, o cliente não sabe e lá vai a moça de patins saber qual o sexo da fruta; e a fila não anda; as pessoas reclamam; um fica na fila pra não perder o lugar, outro vai dar uma volta e pegar alguma coisa que esqueceu.

É evidente que além do movimento que se verifica em dias de promoção, as filas são um prato cheio para os donos de supermercado porque a gente sempre acha que esquece de alguma coisa quando fica um tempão esperando para pagar as compras. Aliás, quem é que vai num supermercado e só leva aquilo que planejou antes de entrar no recinto, né?

Mas a menina permanece ali, imponente, alheia a tudo e todos, fazendo jus à sua origem oriental: tudo zen!

Dia de promoção de leite no BIG. Valeu a pena pela imagem que captei.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 14:02

Opinião do Estadão: No que está dando o desgoverno

leave a comment »

Miguel Jorge, do Desenvolvimento: um ministro cercado de aloprados por todos os lados

Adotada em circunstâncias nebulosas por aloprados funcionários de segundo escalão do Ministério do Desenvolvimento, na ausência do seu titular, em viagem ao exterior – e sem comunicação prévia nem mesmo ao presidente da República -, a imposição intempestiva de licenças prévias para a importação de cerca de 3 mil produtos, que respondem por 60% do valor das compras brasileiras no exterior, é a evidência irrefutável do nível a que chegou o desgoverno Lula.

Pelo modo como foi tomada a decisão, considerada a “mais estranha” da administração lulista, pelo seu impacto instantâneo sobre a atividade produtiva, pela rasteira que a enormidade aplicou às diretrizes da política comercial – desmoralizando os reiterados discursos presidenciais contra o protecionismo – e, enfim, pelas mendazes tentativas dos autores da molecagem de justificar o injustificável, a iniciativa condensa a incapacidade do governo em lidar com uma crise econômica que traz problemas novos praticamente a cada dia e que, quanto mais se agrava, mais parece agravar também a dislexia administrativa que acometeu o Planalto.

Leia mais aqui.

Written by Abobado

29 de janeiro de 2009 at 08:07