Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Serra: ‘O PT abandonou São Paulo’

leave a comment »

Para rebater as críticas feitas por seus adversários a sua renúncia a Prefeitura de São Paulo para disputar o governo do Estado em 2006, o candidato do PSDB à sucessão municipal, José Serra, disse que o PT abandonou a cidade quando esteve na administração municipal. O tucano atacou a gestão da ex-prefeita Marta Suplicy (PT), entre 2001 e 2004, para rebater uma propaganda de TV em que a campanha do candidato Fernando Haddad (PT) se refere indiretamente a Serra como "aquele candidato que abandonou a Prefeitura no meio do mandato".

"Pior do que qualquer coisa é o abandono em que a cidade ficou quando eles tiveram a Prefeitura. Dezesseis mil reais em caixa, fila de 13 mil credores, postos de saúde sem remédios, obras paradas e a grande obra que fizeram que foram os túneis dos Jardins, que inundaram logo depois e que custaram uma fortuna", disse Serra, após evento de sua campanha. "Esse é o PT, então não há surpresa nenhuma."

Nos últimos dias, o candidato do PSDB passou a explicar voluntariamente o episódio da renúncia, mesmo quando não é provocado por eleitores ou jornalistas. Nesta terça-feira, o tucano subiu ao palanque de um buffet na zona leste de São Paulo para falar a um grupo de mil mulheres idosas, convidadas pela candidata a vereador Myryam Athie (DEM). Cada uma pagou R$ 20 pelo convite para um "chá" com a presença de Serra. Foram servidos salgadinhos e refrigerantes em copos de plástico.

"Tem muito boato se espalhando – boatos importantes. Um deles é o boato de que, se for eleito, eu saio para me candidatar em dois anos. Eu fiz isso uma vez, sim, mas fiz com o apoio da população de São Paulo. Tive mais votos para governador do que para prefeito", justificou-se o tucano. "Porque, do jeito que as coisas estavam, o PT ia levar o governo do Estado e ia arrebentar o Estado como já tinha arrebentado a Prefeitura! Por isso eu fui candidato."

Myryam Athie, que já foi vereadora, também encarou o episódio em seu discurso, mas de maneira mais discreta. "Essa história que querem lembrar, aquela ação lá atrás… Vocês sabem que muitas vezes a gente tem que ir para o sacrifício", disse.

A candidata também adotou a estratégia ensaiada por militantes da campanha de Serra nas ruas, que tentam convencer os eleitores de que o tucano é o candidato mais preparado e que seus principais adversários são inexperientes. "Não dá para testar! Nós temos que ficar com o que nós já conhecemos", afirmou.

Estadão Online

Anúncios

A área de comentários é liberada. Mas não venham pra cá cantar de galo e me atacar ou atacar a quem defendo. Sejam educados e comportem-se. Se não gostam do que publico, criem um blog e sejam felizes. Petralha aqui, não!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s