Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Escândalo da Petrobrás: PF liga compra de Pasadena a esquema da Lava Jato, diz deputado

leave a comment »

Deputado do Solidariedade lê em plenário ofício no qual delegado que apura compra de refinaria pede acesso a provas de investigação sobre esquema comandado por doleiro

O líder do Solidariedade (SDD) na Câmara, Fernando Francischini (PR), apresentou em plenário nesta quarta-feira, 21, um documento expedido por integrantes da Polícia Federal em que é pedido o cruzamento das investigações envolvendo a compra da refinaria de Pasadena (Texas) com a Operação Lava Jato. A suspeita é de que o negócio, que custou mais de US$ 1,2 bilhão à estatal brasileira, estaria ligada ao esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef.

O documento é um ofício assinado no dia 22 de abril pelo delegado da Polícia Federal Cairo Costa Duarte e encaminhado ao juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Sérgio Fernando Moro, que acompanha o inquérito da Lava Jato. "O delegado-chefe da investigação de Pasadena pediu cópia da Operação Lava Jato, dizendo que descobriu que o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto (Costa) era conselheiro da refinaria e da trading na época da aquisição. E que todo o cruzamento dos dados mostra que o Paulo Roberto estava trazendo dinheiro de fora, via offshore, via Alberto Youssef", afirmou Francischini.

No ofício, o delegado da Polícia Federal afirma que está em investigação possível existência de uma organização criminosa no seio da Petrobrás. O grupo desviaria recursos da estatal e depois faria remessas de valores ao exterior, que retornariam ao País via empresas offshore. "No caso em tela, apurou-se possível participação do nacional Paulo Roberto Costa", diz trecho do documento.

Duarte também diz no ofício que Costa, que foi diretor da área de refino e abastecimento da Petrobrás entre 2004 e 2012, foi o representante da estatal no comitê interno da refinaria de Pasadena no mesmo período em que seria sócio da Costa Global e conselheiro da PRSI Trading Company LP, empresas que atuariam na área de petróleo.

"Solicito com vistas à economia processual e celeridade da investigação, compartilhamento das provas já realizadas no citado procedimento, bem como daquelas que poderão vir a ser produzidas a partir de material apreendido", diz trecho do documento.

O delegado afirma que a refinaria de Pasadena teria sido comprada por valores vultosos, "em dissonância com o mercado internacional", o que reforçaria a possibilidade de desvio de parte dos recursos para pagamentos de propinas e abastecimento financeiro de grupos criminosos envolvidos no ramo do petróleo.

"Em linha gerais, adentrando no mérito do procedimento persecutório, a partir da compra de uma refinaria no Estado do Texas/EUA (Pasadena), por parte da Sociedade de Economia Mista Petrobrás, possíveis valores teriam sido enviados ou mantidos no exterior sem a respectiva declaração aos órgãos competentes", diz o delegado.

Na parte final do documento, Duarte afirma que o compartilhamento dos dados será de grande importância para as investigações. "Tal demanda se faz necessária na medida em que a prova empestada será de grande valia para o presente apuratório, em andamento junto à Justiça Federal no Estado do Rio de Janeiro, bem como para outros procedimentos investigatórios que envolvam o desvio de recurso da empresa Petrobras S.A", acrescenta.

A Operação Lava Jato foi deflagrada em março deste ano para desarticular organizações criminosas que tinham como finalidade a lavagem de dinheiro em diversos Estados. De acordo com as informações fornecidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), do Ministério da Justiça, integrantes do esquema teriam movimentado até R$ 10 bilhões.

Estadão Online

Anúncios

A área de comentários é liberada. Mas não venham pra cá cantar de galo e me atacar ou atacar a quem defendo. Sejam educados e comportem-se. Se não gostam do que publico, criem um blog e sejam felizes. Petralha aqui, não!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s