Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Gleisi Hoffmann insiste em proteger pedófilo que, condenado por estupro, continua filiado ao PT

leave a comment »

Candidata do PT ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann já comandou no Senado Federal a derrubada de uma emenda que reduzia a maioridade penal para menores envolvidos em crimes hediondos. Curiosamente, a senadora não parece preocupada em punir aqueles que cometem crimes hediondos contra menores.

Ex-assessor de Gleisi na Casa Civil, Eduardo Gaievski, que acaba de ser condenado a 18 anos e um mês por estupro a menor — um dos 40 crimes sexuais (todos envolvendo menores, boa parte deles cometidos contra vulneráveis, menores de 14 anos) —, continua regularmente filiado ao Partido dos Trabalhadores, legenda na qual ingressou pelas mãos da senadora e do seu marido, o ministro Paulo Bernardo (Comunicações).

Gleisi, que já presidiu o PT do Paraná continua, junto com o marido, dando as cartas na legenda no âmbito estadual. O atual presidente do partido, deputado estadual Ênio Verri, é considerado uma espécie de “pau mandado” do casal. A decisão de manter Gaievski filiado ao partido pode estar ligada à preocupação de não irritar ainda mais o pedófilo, que se provocado pode contar o que sabe. O que não seria conveniente para Gleisi, que na tentativa de chegar ao Palácio Iguaçu amarga um distante terceiro lugar.

Se for expulso do PT, Gaievski poderia abrir a caixa de ferramentas e revelar detalhes sobre o casal Gleisi-Paulo Bernardo. Entre as maldades guardadas como segredo: uso do cargo em benefício da campanha, financiadores e outros detalhes ainda preservados.

Conhecido no Paraná como o “Maníaco da Casa Civil”, Eduardo Gaievski poderia revelar, por exemplo, as circunstâncias em que foi indicado para ser o braço direito de Gleisi na Casa Civil, onde foi incumbido de cuidar das políticas do governo federal para crianças e adolescentes, combate ao crack, construção de creches e o programa “Mais Médicos”.

O pedófilo conseguiu ser efetivado na Casa Civil apesar de responder a diversos processos por favorecimento à prostituição e sexo pago com menores. Com esse prontuário, Gaievski passou pelas checagens do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência e da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e foi trabalhar a poucos metros do gabinete da presidente Dilma Rousseff. Muito estranhamente, até hoje a presidente não falou sobre o assunto, mesmo sabendo que na sala ao lado ocorria uma enorme ilegalidade.

Ucho.info

Anúncios

A área de comentários é liberada. Mas não venham pra cá cantar de galo e me atacar ou atacar a quem defendo. Sejam educados e comportem-se. Se não gostam do que publico, criem um blog e sejam felizes. Petralha aqui, não!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s