Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Posts Tagged ‘Blog do Canga

Florianópolis: Mosquito concede entrevista à Rede Record sobre caso de estupro envolvendo menores

with 3 comments

A repercussão do caso que chocou Florianópolis: Blogueiro Mosquito concede entrevista à Record Nacional

Blog do Canga

Amilton Alexandre, o Mosquito, do Tijoladas do Mosquito, foi sendo entrevistado pelo âncora do Domingo Espetacular da Rede Record, Paulo Henrique Amorim, no Café Cultura no centro de Florianópolis.

O foco da entrevista é a denúncia de estupro de uma menor que envolve o filho de um diretor da RBS (Rede Brasil-Sul de Comunicações), feita em primeira mão pelo blogueiro. Após a denúncia no Tijoladas do Mosquito o caso se tornou popular sendo replicado por blogs do país inteiro e levando a imprensa tradicional de reboque.

Na entrevista para Amorim, Mosquito fala do fenômeno de mídia que se transformou o seu blog e dos mais de 69 mil acessos em poucas horas. Fala também de sua vida militante desde a universidade até a Novembrada quando foi um dos estudantes presos no protesto contra o general Figueiredo.

A entrevista, que durou mais de uma hora, será levada ao ar no próximo domingo no programa Domingo Espetacular.

Sérgio Rubim: Mãos de louça e mãos de barro

leave a comment »

Caso Pavan/Arrows: As fotografias dos envolvidos no aeroporto de Florianópolis não provam nada

Se as fotografias do sistema interno de vigilância do Aeroporto Hercílio Luz que mostram Leonel Pavan e os empresários Marcos Pegoraro e Eugênio Rosa no aeroporto são as provas “contundentes” (conforme afirmam o superintendente da PF e o procurador geral de Justiça) de que houve corrupção e que os empresários da Arrows teriam passado os R$ 100 mil naquele momento para o vice-governador, é tiro n’água. Aquilo não prova nada.

Para começar as duas fotos que constam do processo mostram Pavan, sozinho no embarque e os dois empresário sozinhos na recepção do aeroporto. Nem o tal abraço “efusivo” entre o vice-governador e o empresário corruptor foi fotografado. Se foi, ainda não foi divulgado.

Duvido muito que os empresários tenham entregue qualquer coisa, muito menos um envelope pardo, a Pavan do lado de fora do carro em que depois embarcaram juntos.

Outro detalhe interessante é o relato de um dos vários agentes federais que campanavam o encontro de que os empresários e o vice-governador entraram em um mesmo carro e vieram em direção ao centro de Florianópolis. No relato o araponga afirma que sairam em veículo de cor escura.

Pera aí! Esse carro não tinha placas?  nem cor definida? nem marca?

Ou a PF está fazendo um jogo de morde e assopra e vai liberando aos pouquinhos as provas, até chegar às “contundentes”, ou todo aquele carnaval das denúncias vai ser tiro n’água.

Fotos do Pavan em aeroporto sozinho e desses empresários sozinhos eu tenho aos montes e para quem acha que são valiosas é só fazer contato que vendo. Vai no Google, faz a busca e dá para montar um booke.

Não acredito que a PF e o ministério público, depois de falarem com aquela vemência toda em coletivas à imprensa, tenham apenas este material para a imprensa divulgar.

É claro que estas fotos aliadas às escutas telefônicas e outros procedimentos suspeitos comprovados na Secretaria da Fazenda levam a montagem de um quebra-cabeça que desagua nos crimes cometidos pela quadrilha. A grande expectativa é o aparecimento das gravações. Diz que tem coisas escabrosas. Tomara! Meu fel tá explodindo de curiosidade! Blog do Canga

Leia mais aqui.

Do blog do Canga: Os malas migraram pra cá

leave a comment »

Este vídeo foi enviado para o Blog do Canga e não foi publicado pelo Amilton talvez por falta de tempo, ou mesmo porque sua intenção seria de a de mostrá-lo no mesmo dia em que se ferrou lá na Ressacada.

Nele o Mosquito externa sua indignação sobre a perseguição de que vem sendo alvo, bem como manifesta sua convicção sobre a censura aos blogs e dos processos que movem na justiça para tirar o site do ar.

Vale a pena assistir.

Segue a postagem do Canga.

Agora tenho mais elementos para entender o tipo de pressão que o Mosquito vinha sofrendo. Livre atirador, desbocado escrevia no seu blog o que todo o mundo dizia nos bares e na rua mas não tinha coragem de dizer publicamente. Virou alter ego de um monte de gente. Também conseguiu uma lista interminável de inimigos, geralmente puxa-sacos de políticos corruptos e ladrões do nosso dinheiro. Com a sua forma agressiva de acusar, Mosquito conseguiu ser um dos blogueiros mais acessados do país. Chegou a ter 3.800 visitas em um dia. É muita gente!

Como não sou mineiro (“mineiro só é solidário no câncer”), também sou solidário na cardiogenia. Fui chamado domingo à noite por uma médica do Hospital Celso Ramos a pedido do Mosquito que, em estado grave, me solicitou ajuda. Não me furtaria jamais deste compromisso.

Com isso passei a visitá-lo, falar com médicos, com a família, ver do que estava precisando, enfim, fazendo o que estava ao meu alcance para salvar uma vida.

Acontece que ao fazer isso e assumir publicamente em meu blog, muita gente começou a me confundir com o Mosquito.

Não, não sou o Mosquito. Sou o Canga, jornalista Sérgio Rubim, com endereço de bar, CPF e identidades bem definidas. Também gosto de denunciar ladrões, mas o faço da minha forma. Jamais agrido alguém pessoalmente.

O problema é que assim como muitos leitores do Mosquito estão, agora, lendo o Cangablog para saber do estado de saúde do inseto, muito mala ruim também migrou para cá.

Tenho recebido comentários onde sou acusado de ser chefe de gabinete do deputado Reno Caramori (gostaria muito), que sou boca alugada de Esperidião Amin e outras bobagens mais. Só que os mariquinhas que acusam não se identificam. São covardes e cagões. Mas pior que isso é ser burro. Burrice, infelizmente não tem cura. Ignorância tem, os livros. Já a burrice é foda!

Aos malandrinhos anônimos aviso que já estão identificados através de seus IPs e faço o acerto pessoalmente. Comigo o buraco é mais embaixo. Um deles, inclusive, se passa por meu amigo.

Blog do Canga

Written by Abobado

2 de dezembro de 2009 at 13:37

30 anos de Novembrada – Mosquito passa mal e está em estado grave no Celso Ramos

leave a comment »

Amilton na emergência do Celso Ramos: Mal súbito derruba o Mosquito. Novembrada só em dezembro

Informações e foto do Blog do Canga

“Acabei de sair o hospital Celso Ramos onde o blogueiro Amilton Alexandre, “o Mosquito”, está internado, segundo os médicos, em estado grave.

Passou mal durante a tarde quando chegava ao estádio da Ressacada para “transmitir” via Twitter o jogo Avaí e Santos. Segundo me relatou às 21 horas [de ontem], já na sala de reanimação do hospital, ficou cerca de 1 hora dentro de uma ambulância no estádio, onde médicos e paramédicos tentavam estabilizá-lo.

Logo depois foi levado para o Hospital dos Servidores no centro. Eu fui saber do causo por volta das 21:30hs, quando estava pegando a minha filha perto do shopping Iguatemi. O telefone tocou e vi que a chamada era do Mosquito mas a voz era de uma mulher. Me disse que ele estava internado na emergência e insistia para que me ligassem.

Bem, lá fui eu com mulher e filha para o hospital. Consegui entrar pelos fundos e saí direto na sala de reanimação. Quando entrei vi “a morsa” cheia de fios e rodeada de médicos. Falava sem parar.

Quando me viu, lascou:
Pôrra, não posso morrer agora Canga!
Tive que rir e já emendei:
Pôrra, nem ficastes para ver a derrota do Avaí!

Os médicos não gostaram muito da brincadeira e rapidamente fui levado para um lado e uma médica bem jovem, muito atenciosa, me falou que era ela quem tinha me ligado do celular do Mosquito.
O Mosquito me chamando e pedindo para que eu atualizase o Tijoladas do Mosquito. O cara estava passando mal e não parava de falar.

Bem, os médicos me disseram que estavam tentando fazer um diagnóstico mas que já tinham enfiado uma porrada de remédio no cara e não estavam tendo resposta. Tipo, a pressão não baixava e ele não estava reagindo aos medicamentos de emergência. Soube também que não tinha lugar em nenhuma UTI e que no Regional de São José só com diagnóstico formado.

Quando saí de lá o Mosquito estava indo para uma tomografia. A equipe de jovens médicos, excelente segundo o Muska, estava lançando mão de todos os recursos disponíveis para reanimar o inseto.

Estou sem notícias agora, mas a situação era grave.

Sérgio Rubim – Blog do Canga

Algumas atualizações

Começam a surgir as ajudas – 14:58hs.

“Recebi agora informação do gabinete do deputado Joares Ponticelli que o ecocardiograma do Mosquito será feito daqui a pouco, no Hospital Celso Ramos mesmo. Assim que por volta das 19 hs teremos, finalmente, informações sobre o mal súbito que acometeu o Mosquito.
Encontrei agora o Moacir Pereira e o presidente da Casa do Jornalista, Ademir Arnon, que ficaram surpresos com a notícia do Mosquito. Interromperam almoço na Kibelândia e partiram rapidamente para o Hospital Celso Ramos para visitar o amigo e ver o que poderiam fazer para ajuda-lo.”

Ironia do destino: 30 de novembro, 30 anos da Novembrada e o Mosquito lutando pela vida em uma cama de hospital – 14:29hs

“Internado na tarde de ontem no Hospital Celso Ramos com suspeita de problemas cardíacos e pressão lá embaixo, o blogueiro Mosquito está há 24 horas sem um diagnóstico médico. Embora não concorde com muitas coisas que escreve e da forma como faz, sou amigo do Mosquito de longa data e – chamado por ele – não me furtaria de ajudá-lo. Mesmo conversando com a jovem médica que o está assitindo não consegui fazer a coisa andar. Não conseguem transferi-lo para o Regional de S. José, onde existe um setor de cardiologia, não sei por que."

Me disseram que era necessário fzer um ecocardiograma para chegar a um diagnóstico. Como no Celso Ramos não fizeram liguei par um advogado amigo do Mosquito que imediatamente me deu dinheiro e disse que fizesse particular.

Fui ao hospital, disse que pagaria o procedimento em uma clinica particular e aí fiquei sabendo que existe equipamento para fazer ecocardiograma no Celso Ramos. Agora a melhor parte:

Ouvi de uma das pessoas que estão atendendo o Mosquito que no ‘fim de semana ninguém faz ecocardiograma. Hoje, segunda-feira, o médico encarregado do exame está de férias e estamos tentando falar com ele.’

Resumo da ópera: mais de 24 horas sem diagnóstico e tratamento. Estão desde ontem tentando levantar a pressão do inseto e nada! Ou seja, alguma coisa estourou por dentro. Está vazando e… Bem, não sou médico mas se fosse já teria metido a faca pra ver o que está acontecendo por dentro já que não fazem o tal e ecocardiograma.”

Written by Abobado

30 de novembro de 2009 at 15:17