Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Posts Tagged ‘Luiz Carlos Prates

Luiz Carlos Prates: ‘Nós já estamos num abismo’

leave a comment »

Luiz Carlos Prates é demitido da RBS

with 50 comments

alt

Canga Blog

Segundo informações recebidas pelo Cangablog, a demissão do polêmico comentarista Luiz Carlos Prates foi decisão da direção da RBS [Rede Brasil Sul de Comunicações] em Porto Alegre.

Prates voltava de férias e, imagino, não encontrou seu cartão ponto na parede da empresa. Ao perguntar para o porteiro pelo seu cartão, deve ter sido aconselhado a passar no departamento pessoal. Bem ao estilo da empresa.

O motivo da demissão teria sido o comentário feito por Prates em sua participação no Jornal do Almoço (apresentado pela RBS TV de Santa Catarina) quando desancou os "pobres miseráveis" que hoje têm carro. Segundo Prates, "esses miseráveis" seriam os culpados pelos acidentes de trânsito [ver vídeo abaixo da postagem].

Conheço o Prates do tempo que trabalhei com ele no Diário Catarinense nos anos 80. Afável, educado, era um bom colega de trabalho. Na TV, Prates virava um personagem. Se transformava em um radical da oratória desempenhando um papel para um público conservador. É um bom ator. Fala com veemência, aos gritos, condena, critica, gesticula com competência e… nada!

Jamais vi o Prates fazer uma denúncia de corrupção com nome e sobrenome. Sempre uma coisa genérica, etérea. O seu público adorava e dizia: – Esse mete o pau! Esse fala a verdade!

É de dar pena. Entrava no jogo do show em que se transformou a televisão brasileira. É apenas mais um personagem desempenhando o papel determinado pela empresa.

Fala bem, é inteligente, bom de oratória. Prates foi vítima da sua própria atuação. Radicalizou tanto na fala que acabou perdendo a mão… e o emprego.

Veja o vídeo que teria provocado a demissão de Luiz Carlos Prates do Grupo RBS.

Atualização de 12/01/2011

Nota em que o Grupo RBS confirma a demissão do colunista, publicada no Diário Catarinense

Em decisão conjunta com a empresa, o colunista Luiz Carlos Prates está deixando de atuar nos veículos do Grupo RBS. O comunicador se afasta para seguir com projetos pessoais depois de mais de duas décadas no grupo.

No Diário Catarinense, onde trabalhou por quase 23 anos, Prates começou escrevendo sobre esportes, passando a tratar sobre o cotidiano, área na qual também conquistou incontáveis admiradores.

— Sou grato pelo contato com os leitores e com o público. Parto para um novo ciclo em minha vida — diz o comunicador.

Durante o verão, o espaço da página 2 do DC será ocupado pela coluna Cadeira de Praia.

Farra das passagens – O que eles precisam ouvir e o que nós temos que fazer

leave a comment »

Este é o comentário de Luiz Carlos Prates levado ao ar no dia 20 de abril último. Como não estava em Florianópolis e não assisti ao Jornal do Almoço (RBSTv/SC), desconhecia o seu teor. Publico o vídeo e transcrevo as palavras do nobre jornalista.

Estas passagens, a origem destas passagens, é para que o deputado, o parlamentar possa ir e vir de Brasília para suas bases. Esta é a origem e esta é a razão. Tudo o que estiver fora disso é orgia com o dinheiro público e falta de vergonha na cara de quem usa de modo indevido estas passagens.

Teve um safado em Brasília [deputado Inocêncio de Oliveira – PR/PE] que chegou a dizer que “a família é sagrado, que família está acima de tudo”, e que por isso ele deu as passagens para que a família viajasse para a Europa.

Neste momento, agora, empresários, lojistas, operários, trouxas, estão pagando o Imposto de Renda para gente que não tem vergonha na cara mandar amigos sirigaitearem em Miami, em Paris, em Roma, onde quer que seja.

E não lhes vai acontecer nada porque este é um povo estúpido que não reage. Porque se o povo fechasse o pulso e fosse para Brasília destituir os imorais, nós teríamos hospitais em condições de atender a população pobre; teríamos colégio de qualidade para os carentes da sociedade brasileira; teríamos estradas com segurança; teríamos segurança pública; nós seríamos povo de primeiro mundo.

Nós pagamos um imposto que ninguém mais paga sobre a terra, e o que é que temos de retorno? Orgia de gente que não respeita o dinheiro público, de gente que não tem vergonha na cara, que pega o seu dinheiro e manda sirigaitas para a Europa.

Até quando isto vai acontecer? Até a hora que o povo acorde, reaja e tire do poder quem não devia estar representando o povo!

Safados!

Luiz Carlos Prates

Comentário meu: Já passou da hora dessa cacalhada se ligar. Chega de voto obrigatório; chega de imunidade parlamentar; chega de foro privilegiado. O povo brasileiro não merece essa raça nojenta!

Sugestão do amigo Roberto Mazantte

Written by Abobado

3 de maio de 2009 at 21:55