Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Posts Tagged ‘Sacanagem

Opinião do Estadão: Uma TV público-eleitoral

leave a comment »

TV Lula: Um canal ineficiente fazendo politicagem com o dinheiro do contribuinte. O cidadão não merece isso!

A única defesa que os dirigentes da TV Brasil teriam para rebater as acusações de uso político-eleitoral do veículo, em favor de candidatos governistas, seria a impossibilidade de essa emissora oficial influir, efetivamente, no resultado das urnas, dado que seus índices de audiência jamais ultrapassam o traço. De qualquer forma, se há recursos públicos usados numa dispendiosa estrutura de comunicação, e esta é colocada a serviço de objetivos eleitorais dos que ocupam o poder federal, o desvirtuamento é gritante e condenável, sob os pontos de vista ético, jurídico e político.

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que opera a TV Brasil – já apelidada de “TV Lula” -, está sendo usada para gravar depoimentos de ministros, inclusive os que são candidatos nas próximas eleições de outubro. Os depoimentos, de caráter notoriamente político-eleitoral, exibidos no programa intitulado 7 anos em 7 minutos, fazem propaganda explícita tanto dos ministros-candidatos quanto da candidata ungida à sucessão do presidente Lula, a ministra-chefe Dilma Rousseff. Dos seis ministros que já gravaram entrevistas quatro são candidatos: Tarso Genro, ex-ministro da Justiça, candidato a governador do Rio Grande do Sul; Alfredo Nascimento, ministro dos Transportes, candidato a governador do Amazonas; Hélio Costa, ministro das Comunicações, candidato a governador de Minas Gerais; e Altemir Gregolim, ministro da Pesca, candidato a deputado federal por Santa Catarina. Seus depoimentos estão sendo exibidos no blog do Palácio do Planalto.

“A proposta é fazer um vídeo de sete minutos de cada ministro para pôr no blog do Palácio”, explica o diretor da EBC Serviços, José Roberto Garcez, responsável pela realização dos programas. É a mesma EBC Serviços que opera o canal a cabo NBR, que noticia atos e políticas do governo federal e produz os programas Café com o Presidente, Bom Dia, Ministro e Voz do Brasil. A ideia é ouvir o depoimento dos 36 ministros do governo Lula (haja coisa a dizer), dos quais pelo menos 15 deverão sair como candidatos nas próximas eleições. Ao todo serão mais de quatro horas de gravação. Segundo Garcez os gastos com os vídeos estão dentro do orçamento da área de serviços da EBC, setor que atende prioritariamente a Secretaria de Comunicação.

Leia mais aqui.

Mais “Para que serve essa TV?” aqui.

Written by Abobado

6 de março de 2010 at 14:33

A zona do Senado: MPF decide apurar denúncias contra a Fundação Sarney

leave a comment »

José Sarney: O coronel do Maranhão, do Amapá, de Brasília, dono do PMDB e das almas do PT. Relho nele!

O Ministério Público Federal vai investigar a Fundação José Sarney. O procurador da República Tiago Sousa Carneiro decidiu apurar as relações da entidade – mantida pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) -, com a Petrobras. Carneiro vai solicitar amanhã ao Ministério da Cultura as prestações de contas do convênio da fundação com a estatal. A partir dessas notas fiscais, o MPF pretende buscar indícios de desvio de recursos públicos por parte da entidade, além da não execução do projeto, que previa a digitalização do acervo e a informatização do acesso aos documentos.

A decisão do procurador foi tomada depois que o jornal O Estado de S. Paulo revelou, na quinta-feira, que a Fundação José Sarney não executou o projeto e desviou R$ 500 mil – da verba de R$ 1,3 milhão da Petrobras – para empresas fantasmas, com endereços fictícios, e da família do senador, como a TV Mirante e as rádios Mirante AM e FM. O MPF avalia ainda a possibilidade de enviar o caso para a Polícia Federal abrir um inquérito em cima das suspeitas de mau uso do dinheiro público. Agência Estado

Foto: Geraldo Magela – Agência Senado

Leia mais aqui.

Written by Abobado

13 de julho de 2009 at 22:44

Florianópolis: Greve no transporte coletivo continua na quarta

with 3 comments

A greve dos motoristas e cobradores de ônibus na Capital, que também atinge a Grande Florianópolis, vai continuar nesta quarta-feira e poderá se arrastar pelos próximos dias.
A negociação entre os trabalhadores, as empresas e a prefeitura é considerada a mais difícil dos últimos anos pelas partes que travam uma típica queda-de-braço.

Para agravar o prejuízo aos usuários, a determinação judicial de frota mínima de ônibus nas ruas não foi cumprida na íntegra, nesta terça-feira, deixando pelo menos 200 mil usuários sem o transporte coletivo.

Na terça-feira à noite, na Câmara de Vereadores, enquanto o trânsito de veículos pequenos ficava ainda mais congestionado nas principais avenidas e nas pontes, o prefeito Dário Berger (PMDB) sinalizava com a notícia ainda mais preocupante para quem depende dos ônibus na Capital: o aumento da tarifa será um dos reflexos inevitáveis para bancar o tão esperado acordo entre os empregados e as empresas.

— A prefeitura nunca encerra as negociações, mas tem limites. É evidente (o aumento da tarifa), que dependerá do acordo entre patrões e empregados. Mas já temos prejuízos imensos além do comercial, psicológicos e de auto-estima da população numa intransigência incomparável — declarou o prefeito após um dia em que houve tentativas de negociação, mas sem reuniões físicas e conjuntas entre as partes. ClicRBS

Greve dos ônibus em Florianópolis: A culpa é nossa!

with 9 comments

Ônibus parados na Capital: Passou da hora de Florianópolis ter uma empresa pública de transporte coletivo

Cesar Valente

As empresas de ônibus, por intermédio de seus prepostos motoristas e cobradores, deixarão a população a pé nesta terça, a partir das 7h da manhã.

A quem responsabilizar?

Ao prefeito ausente, é claro que não. Ele nem tem cabeça pra isso, envolvido com a defesa de seu processo no TRE e os muitos projetos políticos, entre os quais a estadualização do nome. Incluam-no fora disso.

O prefeito de fato, pobre João Batista, também não pode ser chamado às falas, porque pouco sabe da tal caixa preta. E, na verdade, sabe muita coisa de quase nada. Ou nada de quase tudo. Apesar do transporte público ser uma concessão municipal, ao longo dos anos ficou claro que a prefeitura e a Câmara de Vereadores é que são concessões da iniciativa privada. Portanto nem um, nem os outros, podem fazer qualquer coisa contra o que os verdadeiros donos da cidade decidirem.

Ah, quem sabe a culpa seja dos motoristas e cobradores e do seu sindicato, dirigido com o pragmatismo próprio da era lulista? Ora, para isso era preciso que alguém acreditasse que há uma negociação entre patrões e empregados e que o impasse se deu por justas questões trabalhistas. Não sei vocês, mas eu estou ainda aguardando algum sinal divino que me mostre que não estão todos, patrões e empregados, no mesmo ônibus, tentando tirar o máximo proveito dos otários que pagam impostos e votam sem pensar.

A culpa disso tudo, portanto, é nossa. De todos nós, contribuintes/eleitores, que temos o governo que merecemos. Que somos feitos de gato e sapato porque não nos damos ao respeito. E o pior é que nem adianta reclamar para a Polícia, porque o comandante obedece a ordens do prefeito e de mais ninguém. Não está ali para defender a Constituição, obedecer os regulamentos, fazer cumprir a lei ou defender os contribuintes: está ali porque o seu amado chefe civil o promoveu e sua função é dar apoio armado ao que seu idolatrado líder achar de fazer (cheguei a essas conclusões ouvindo o próprio comandante falar à tropa, numa gravação que consta de processo que corre na Justiça Militar).

Só não direi “bem feito”, porque ninguém merece tamanho desrespeito. Nem mesmo os que ainda continuam achando o Dário o máximo. De Olho na Capital

Não pode engolir: Atriz pornô passa mal ao tentar quebrar recorde de sexo oral

leave a comment »

Esganada: Carolin Berger queria bater o recorde mundial de chupança mas esquecia de cuspir

Uma atriz pornô passou mal nesta sexta-feira ao tentar quebrar o recorde mundial de sexo oral, em Hamburgo, Alemanha. Segundo o jornal La Repubblica, Carolin Berger, mais conhecida como Sexy Cora, teve uma crise respiratória que a impediu de prosseguir.

Carolin pretendia fazer sexo oral com 200 homens, mas, após cerca de 50 minutos, passou mal e foi obrigada a abandonar a tentativa. De acordo com o jornal italiano, ela teve tonturas e foi levada a um hospital. Notícias Terra

E com essa eu encerro a semana. Até a próxima e um abraço a todos.

Written by Abobado

23 de maio de 2009 at 01:35

A zona do Senado: Polícia Legislativa indicia Zoghbi por formação de quadrilha e corrupção passiva

leave a comment »

João Carlos Zoghbi (com Denise) chega ao Senado para depor na data de hoje. Relho nele!

A Polícia Legislativa do Senado decidiu nesta terça-feira indiciar o ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi por formação de quadrilha e corrupção passiva. Os policiais encontraram indícios dos dois crimes durante as investigações.

A pena pode variar de reclusão de um a seis anos para formação de quadrilha e de dois a 12 anos por corrupção passiva.

A Polícia Legislativa vai encaminhar o inquérito para a Justiça Federal, que tem a prerrogativa de decidir se vai acatar ou não a denúncia. O inquérito será enviado no dia 28 de maio, pois as investigações continuam na Polícia Legislativa.

Além de Zoghbi, também foram indiciados, o seu filho Marcelo Zoghbi e os donos da empresa Contact, Ricardo Nishimura e Bianka Machado e Dias.

Os policiais não indiciaram Denise Zoghbi, mulher do ex-diretor, que estaria supostamente envolvida nas fraudes na Casa. O diretor da Polícia Legislativa do Senado, Pedro Araújo, disse que os policiais não encontraram indícios do envolvimento de Denise Zoghbi nas irregularidades. Folha Online

Leia mais aqui.

Written by Abobado

19 de maio de 2009 at 19:12

A zona do Senado: Ex-diretor mantém apartamento funcional

leave a comment »

João Carlos Zoghbi e a mulher Denise chegam ao Senado para prestar depoimento. Seríssimos!

Quase dois meses após se afastar da diretoria de Recursos Humanos do Senado, João Carlos Zoghbi ainda não devolveu o apartamento funcional que motivou sua saída do cargo. Desde 1999 o imóvel está cedido a ele, mas só neste ano descobriu-se que quem morava no local eram parentes do servidor que não trabalham na Casa.

A Secretaria de Administração de Material e Patrimônio do Senado já enviou dois ofícios a Zoghbi cobrando a entrega do apartamento. Segundo o termo de permissão de uso, ele tinha de devolver o imóvel em até 30 dias – como anunciou a entrega do imóvel em 12 de março, ele deveria ter finalizado o processo até 12 de abril. Folha Online

Foto de: Fábio Rodrigues Pozzebom

Leia mais aqui.

Written by Abobado

8 de maio de 2009 at 09:17