Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Posts Tagged ‘Saúde

Serra prefeito: Governando para quem mais precisa

leave a comment »

O programa eleitoral do futuro prefeito de São Paulo do dia 17/09/2012

Um bom governante é aquele que governa para todos, mas sempre pensando naqueles que mais precisam. Esta frase sempre comandou as ações de Serra em todos os cargos da administração que ele exerceu.

Com honestidade e muito esforço, ele sempre atuou para melhorar a vida de todos nós, e é exatamente isso que ele continuará fazendo em São Paulo pelos próximos quatro anos!

Governo Dilma: Mudança ministerial – O arranjo é fraco, mas isso não é o pior

with one comment

Proposta de campanha de José Serra (Protec) copiada pelo governo Dilma (Pronatec)

José Serra

Qual o ponto fraco do governo Dilma? Quem acompanha as vicissitudes das mudanças em três ministérios, com pouco mais de cinco meses de governo (uns 10% do mandato), provavelmente dirá que é a coordenação política. O governo perdeu seu primeiro ministro (Antonio Palocci), afastou o responsável pelas Relações Institucionais (Luiz Sérgio), premiando-o com o Ministério da Pesca, e nomeando uma senadora com cinco meses de mandato para a chefia da Casa Civil e uma ex-senadora, que até havia pouco comandava a Pesca, para o Ministério de Relações Institucionais. Nesse processo, a presidente desgrudou-se precocemente do seu antecessor, arranhou a bancada do seu partido na Câmara, tornou-se mais dependente do seu aliado principal, o PMDB, e trouxe para suas mãos a tarefa de negociar projetos e nomeações com o Congresso e os partidos, com vistas a revitalizar o processo de loteamento político herdado do governo anterior. São quatro consequências de efeitos incertos, mas dificilmente positivos para os rumos do seu mandato.

A fraqueza maior do atual governo, no entanto – o que certamente reforça suas dificuldades políticas –, é não saber bem a que veio, o que quer, para onde vai. Até agora não mostrou capacidade para estabelecer objetivos verdadeiros, antecipar-se aos problemas, planejar, fazer acontecer além da comunicação e da publicidade. Recebeu essa herança do governo anterior e reforçou-a.

O demonstrativo dessa tese está nos tropeços da infraestrutura – aeroportos, portos, estradas, energia – ou nas frustrações da Saúde, do Saneamento e da Educação (cujo ministério dedica-se a fazer trapalhadas e a tentar consertá-las). Essas políticas sociais universais são indispensáveis ao combate estrutural à pobreza, apesar de terem sido escanteadas nos últimos oito anos. Coisas como “Brasil sem Miséria” e “Programa de Vigilância de Fronteiras” ou algo assim, por exemplo, são puros factóides destinados a ganhar um passageiro espaço gratuito nos jornais de TV. O único programa interessante até agora anunciado – a ver se sai do papel e dos comerciais – é o Pronatec, voltado ao ensino técnico. Interessante se realizado, mas não original: trata-se de um “Ctrl C/Ctrl V” [copia e cola] do Protec, apresentado pela oposição na campanha do ano passado e satanizado pela candidata do PT.

“Nossa união é a fraqueza deles; nossa desunião, a fortaleza deles”

leave a comment »

Serra:Não podemos deixar a mentira e a intriga prosperarem, nos dividirem. Quem faz isso trabalha pelos adversários. É isso o que desejam: um PSDB diminuído e desunido’

Na Convenção do PSDB, de sábado (28), fiz um discurso de improviso e dei algumas entrevistas. Não tenho as gravações. Mas lembro do conteúdo de alguns trechos.

O que não se pode perder

Há cerca de um ano, nós nos reunimos aqui neste auditório, em Brasília, na largada de nossa campanha à Presidência. Esta é a primeira oportunidade que tenho para agradecer o apoio de vocês ao longo daqueles meses difíceis e vibrantes. Eleição, a gente ganha ou perde. O que não se pode perder, o que não perdemos, o que não perdi, é a personalidade, o caráter, os princípios e o espírito de luta.

Adversários e intrigas

Nossos adversários querem fazer crer que somos fracos.  Isso não é verdade. Lutando contra o uso da máquina governamental, tivemos quase 44 milhões de votos na última eleição. Ganhamos a eleição presidencial em dez estados. Elegemos oito governadores do partido e mais três que apoiamos. Nosso problema é outro: temos de corresponder às expectativas de tanta gente que confiou em nós. Fiscalizar, cobrar coerência, criticar os erros, apresentar nossas propostas, mobilizar. Coisas que até os que votaram nos adversários querem que façamos.

Não podemos deixar a mentira e a intriga prosperarem, nos dividirem. Quem faz isso trabalha pelos adversários. É isso o que desejam: um PSDB diminuído e desunido.

O Governo

Em muito menos tempo de governo do que se poderia imaginar, o pior já está acontecendo. Temos uma Presidência em que, cada vez mais, quem foi eleita não governa, e quem governa não foi eleito. O atual governo se mostra negligente, omisso e incompetente. E recomeça o ritual de navegar nas águas da corrupção, dos escândalos.

Herança

O governo Lula deixou a verdadeira herança maldita à sucessora que ele próprio escolheu e elegeu. Inflação em alta, principalmente nos alimentos e nos serviços. Estradas abandonadas,  aeroportos em colapso, portos que não dão conta, obras paradas por todo o país. Saneamento básico a passos de tartaruga. Educação e Saúde cada vez mais enriquecidas nos discursos e cada vez mais empobrecidas na realidade dos fatos. Desindustrialização em marcha –  e não há país grande e forte no mundo com uma indústria fraca. As únicas coisas que vão bem nessa área são a exportação de bons empregos para outros países e a indústria da mistificação.

Segurança

A verdadeira herança maldita está na omissão do atual governo, na covardia da falta de empenho para melhorar e garantir a segurança contra o crime. Está no tráfico de drogas à solta. Lembram do grande anúncio eleitoral do combate ao crack?  Uma fraude! Nossas fronteiras já eram escancaradas ao tráfico e ao contrabando de armas antes dos cortes recentes de recursos da polícia federal.

Onde fomos governo, enfrentamos o crime. Para dar o exemplo de São Paulo: a queda dos índices de violência começou com o Mário Covas, continuou com o Alckmin, prosseguiu quando fui governador e, agora, novamente com o Geraldo. Baixou a níveis de países desenvolvidos.

Futuro

Temos uma grande tarefa pela frente. Caminharemos unidos, porque isso é o que o Brasil  espera de nós. Vamos chegar unidos às disputas. A nossa união é a fraqueza deles; nossa desunião, a fortaleza deles. Isso é o que esperam de nós as dezenas de milhões que nos apoiaram. Muito mais gente estará disposta a se juntar a nós desde que tenhamos uma mensagem clara aos brasileiros. Temos um encontro marcado com o futuro do Brasil. Sou um soldado dessa luta.

José Serra

Florianópolis: Paciente foge de Unidade de Pronto-Atendimento e causa tumulto em terminal no Rio Tavares

leave a comment »

altSíndrome de Dário Berger: Paciente destruiu parte de um quiosque no Terminal de Integração do Rio Tavares

Um paciente que fugiu no final da tarde desta sexta-feira da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Rio Tavares, no Sul da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, causou tumulto no terminal de ônibus do bairro. Segundo testemunhas, ele assustou quem estava no local.

O paciente teria pulado do segundo andar da UPA e seguido para o terminal. De acordo com testemunhas, ele estava pelado e com uma agulha presa ao corpo. O homem teria tentado dirigir um ônibus e depois corrido pelo terminal seguido pelos seguranças.

As testemunhas contam que o homem invadiu um dos quiosques que vende lanches e quebrou objetos. O paciente teria arrancado a agulha do corpo e começou a sangrar no local.

As pessoas que presenciaram toda a movimentação explicaram que, após ser imobilizado pelos seguranças, o homem foi trancado em um dos ônibus até a chegada da polícia. Os policiais militares encaminharam o paciente de volta para a UPA em que ele estava sendo tratado.

Na UPA, a atendente confirmou que o paciente havia fugido e disse que, após o retorno, ele foi encaminhado para um outro hospital, mas a equipe da unidade não divulgou para qual instituição. ClicRBS

Foto: Hermínio Nunes – DC

Written by Abobado

11 de dezembro de 2010 at 02:39

Dilma: Loading…

leave a comment »

Dilma tenta explicar detalhes de seu programa de atendimento especial a crianças em hospitais, caso eleita presidenta do Brasil. Observem a facilidade que a candidata tem de expressar suas ideias. E é na mão dessa gente que o povo brasileiro pode colocar o destino do nosso país.

Sinceramente, o Brasil merece coisa muito melhor!

Segue parte da fala da candidata. É de doer!
Uma das propostas que conjuga, assim, não só, né?, tecnologia de ponta, tecnologia sofisticada para o tratamento da criança, mas também tem um grande nível de humanização, porque eles usam todo o…, toda aquela questão do envolvimento da criança, mostrando que a boneca vai, tamém (sic), cuidar da cabeça, ou, quando a criança é submetida a algum nível de tratamento mais estressante, tomar o cuidado para garantir que, psicologicamente, ela se, enfim, ela tenha um, uma chegada maior a um processo que inclusive é de dor.

Written by Abobado

30 de agosto de 2010 at 22:49

Santa Catarina: Servidores da Saúde entram em greve nesta terça-feira

leave a comment »

Saúde em greve: Servidores fazem protesto no Hospital Regional de São José, grande Florianópolis

Os trabalhadores do setor da Saúde em Santa Catarina pararam as atividades às 7h desta terça-feira. Em três hospitais da Grande Florianópolis e em Ibirama são feitos protestos. Os servidores também fazem uma manifestação em frente à Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Os servidores querem a incorporação ao salário de um abono de 16,76% e anistia de duas multas aplicadas na paralisação de 1996, que somadas chegam a R$ 1,1 milhão em valores não atualizados.

A diretora financeira do SindSaúde, Simone Hagemann, afirma que o último reajuste recebido pela categoria ocorreu em 2006, ano em que foi implantado o plano de carreiras. Ela argumenta que, desde então, o salário está desfasado em 23%.

Em nota, a Secretaria da Saúde informou que o governo estadual não pôde atender a reivindicação de reposição salarial porque a medida poderia ser interpretada com improbidade administrativa por causa do ano eleitoral. O texto garantia que o abono é um benefício assegurado que está sendo pago regularmente. ClicRBS

Foto: Ricardo Duarte – DC

Leia mais aqui.

Written by Abobado

22 de junho de 2010 at 10:29

Do blog do Canga: Os malas migraram pra cá

leave a comment »

Este vídeo foi enviado para o Blog do Canga e não foi publicado pelo Amilton talvez por falta de tempo, ou mesmo porque sua intenção seria de a de mostrá-lo no mesmo dia em que se ferrou lá na Ressacada.

Nele o Mosquito externa sua indignação sobre a perseguição de que vem sendo alvo, bem como manifesta sua convicção sobre a censura aos blogs e dos processos que movem na justiça para tirar o site do ar.

Vale a pena assistir.

Segue a postagem do Canga.

Agora tenho mais elementos para entender o tipo de pressão que o Mosquito vinha sofrendo. Livre atirador, desbocado escrevia no seu blog o que todo o mundo dizia nos bares e na rua mas não tinha coragem de dizer publicamente. Virou alter ego de um monte de gente. Também conseguiu uma lista interminável de inimigos, geralmente puxa-sacos de políticos corruptos e ladrões do nosso dinheiro. Com a sua forma agressiva de acusar, Mosquito conseguiu ser um dos blogueiros mais acessados do país. Chegou a ter 3.800 visitas em um dia. É muita gente!

Como não sou mineiro (“mineiro só é solidário no câncer”), também sou solidário na cardiogenia. Fui chamado domingo à noite por uma médica do Hospital Celso Ramos a pedido do Mosquito que, em estado grave, me solicitou ajuda. Não me furtaria jamais deste compromisso.

Com isso passei a visitá-lo, falar com médicos, com a família, ver do que estava precisando, enfim, fazendo o que estava ao meu alcance para salvar uma vida.

Acontece que ao fazer isso e assumir publicamente em meu blog, muita gente começou a me confundir com o Mosquito.

Não, não sou o Mosquito. Sou o Canga, jornalista Sérgio Rubim, com endereço de bar, CPF e identidades bem definidas. Também gosto de denunciar ladrões, mas o faço da minha forma. Jamais agrido alguém pessoalmente.

O problema é que assim como muitos leitores do Mosquito estão, agora, lendo o Cangablog para saber do estado de saúde do inseto, muito mala ruim também migrou para cá.

Tenho recebido comentários onde sou acusado de ser chefe de gabinete do deputado Reno Caramori (gostaria muito), que sou boca alugada de Esperidião Amin e outras bobagens mais. Só que os mariquinhas que acusam não se identificam. São covardes e cagões. Mas pior que isso é ser burro. Burrice, infelizmente não tem cura. Ignorância tem, os livros. Já a burrice é foda!

Aos malandrinhos anônimos aviso que já estão identificados através de seus IPs e faço o acerto pessoalmente. Comigo o buraco é mais embaixo. Um deles, inclusive, se passa por meu amigo.

Blog do Canga

Written by Abobado

2 de dezembro de 2009 at 13:37