Abobado

Odeio petralhas | Raça de sangue ruim; corruptos, bandidos, oportunistas, picaretas, malandros…

Posts Tagged ‘Tijoladas

Do blog do Canga: Os malas migraram pra cá

leave a comment »

Este vídeo foi enviado para o Blog do Canga e não foi publicado pelo Amilton talvez por falta de tempo, ou mesmo porque sua intenção seria de a de mostrá-lo no mesmo dia em que se ferrou lá na Ressacada.

Nele o Mosquito externa sua indignação sobre a perseguição de que vem sendo alvo, bem como manifesta sua convicção sobre a censura aos blogs e dos processos que movem na justiça para tirar o site do ar.

Vale a pena assistir.

Segue a postagem do Canga.

Agora tenho mais elementos para entender o tipo de pressão que o Mosquito vinha sofrendo. Livre atirador, desbocado escrevia no seu blog o que todo o mundo dizia nos bares e na rua mas não tinha coragem de dizer publicamente. Virou alter ego de um monte de gente. Também conseguiu uma lista interminável de inimigos, geralmente puxa-sacos de políticos corruptos e ladrões do nosso dinheiro. Com a sua forma agressiva de acusar, Mosquito conseguiu ser um dos blogueiros mais acessados do país. Chegou a ter 3.800 visitas em um dia. É muita gente!

Como não sou mineiro (“mineiro só é solidário no câncer”), também sou solidário na cardiogenia. Fui chamado domingo à noite por uma médica do Hospital Celso Ramos a pedido do Mosquito que, em estado grave, me solicitou ajuda. Não me furtaria jamais deste compromisso.

Com isso passei a visitá-lo, falar com médicos, com a família, ver do que estava precisando, enfim, fazendo o que estava ao meu alcance para salvar uma vida.

Acontece que ao fazer isso e assumir publicamente em meu blog, muita gente começou a me confundir com o Mosquito.

Não, não sou o Mosquito. Sou o Canga, jornalista Sérgio Rubim, com endereço de bar, CPF e identidades bem definidas. Também gosto de denunciar ladrões, mas o faço da minha forma. Jamais agrido alguém pessoalmente.

O problema é que assim como muitos leitores do Mosquito estão, agora, lendo o Cangablog para saber do estado de saúde do inseto, muito mala ruim também migrou para cá.

Tenho recebido comentários onde sou acusado de ser chefe de gabinete do deputado Reno Caramori (gostaria muito), que sou boca alugada de Esperidião Amin e outras bobagens mais. Só que os mariquinhas que acusam não se identificam. São covardes e cagões. Mas pior que isso é ser burro. Burrice, infelizmente não tem cura. Ignorância tem, os livros. Já a burrice é foda!

Aos malandrinhos anônimos aviso que já estão identificados através de seus IPs e faço o acerto pessoalmente. Comigo o buraco é mais embaixo. Um deles, inclusive, se passa por meu amigo.

Blog do Canga

Written by Abobado

2 de dezembro de 2009 at 13:37

Cacau Menezes – Quem é esse cara?

with 4 comments

 Blog do Cacau /RBS – Segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Falta dinheiro

Esperidião Amin está perdendo a sua terceira eleição consecutiva, agora até para Dário Berger, que, antes de Floripa, tinha no currículo apenas a prefeitura de São José. O que houve?, haverá de perguntar aquele leitor de fora. Afinal, Amin foi um mito, um político que se elegeu para tudo e elegeu muitos, inclusive a mulher e o filho.
Cacau, ainda atordoado com essas pesquisas em Florianópolis, onde o povo simplesmente vem ignorando seu principal político, foi procurar explicações.
Tudo teria começado com o rompimento de Amin com Jorge Bornhausen, que era o homem que sabia captar os recursos para as campanhas vitoriosas. Sem dinheiro para enfrentar a máquina pública, Amin, só com o nome, e já sem o pique de um jovem que chupava cana e assoviava ao mesmo tempo, não ganhou de mais ninguém.
É verdade, pra ganhar qualquer eleição é preciso muito dinheiro. O candidato, se bom ou ruim, é outro assunto. Infelizmente!”

“Pois é Cacau, agora também tenho blog e posso responder tuas sandices.

Lembro de tua entrada na política . Enquanto lutávamos contra a ditadura e o regime militar, eras candidato a vereador pela Arena.

Nunca te vi defender político na oposição. Sempre procurasse o conforto e abrigo junto aos poderosos de plantão (inclusive o Amin). Muita gente não sabe, mais tua coluna (muito lida por sinal) tem vícios de origem. Quanta nota chupada sem citar a fonte? (qualquer leitor do quarto ano forte sabe que muitas notas e comentários postados no teu blog e escritos no jornal não são de tua lavra). Caráter não se compra em padaria, nem em banca de jornal.

Agora fica bem bonito pra ti apoiar um candidato corrupto, com um monte de processo na justiça por improbidade administrativa. O Amin não perdeu a eleição ainda. O jogo está sendo jogado.

A frase do teu pai “Dormi prefeito, acordei palhaço” pode ter desde já uma nova versão, “Dormi colunista, acordei colunista palhaço”. Se o Amin perder poderás, do conforto de tua casa em Jurerê Internacional, ver mais um capítulo da destruição da cidade em que nascemos.

Não vou te perguntar quanto custou esse apoio. Deves ter feito uma análise muito criteriosa sobre a política da capital.

Eu não tenho rabo preso meu caro e já me decidi – Amin 11. Aperta aí, amarelo!

Teu conterrâneo,

Amilton Alexandre/Mosquito

Tijoladas do Mosquito – Este blog ninguém cala, não tem?”

Post publicado no blog  Tijoladas do Mosquito, hoje, 14/10/2008.

Comentário meu: Não tiro uma vírgula do que o Mosquito publicou, até porque quem já conhece essa ave há algum tempo sabe muito bem dos mimos que ele recebe para publicar e falar aquilo que algums gostam de ler ou ouvir.

A juventude de hoje se ilude muito com as bobagens que esse alienado escreve e fala. Mas gosto não se discute, não é mesmo?

Written by Abobado

14 de outubro de 2008 at 12:53